Energia acumulada

Feriado: dias de chuva interminável na fazenda e oito crianças entre 8 e 10 anos para administrar. O dilúvio determina o ritmo das atividades : não tem cavalgada, não tem piscina, não tem jogo de bola. A situação de tédio não é nada diferente do que eu cansei de vivenciar na minha infância.

Me preparei para o desafio e desenhei o plano anti-aborrecimento : retomei mentalmente regras de jogos de cartas, as estratégias de partidas de WAR (Alaska ataca Vladivostok) ou Banco Imobiliário (comprar rápido a Avenida Atlântica),  lembrei da TV Globo com “Sessão da tarde” e seus clássicos como Flipper ou Digby ( “O maior cão do mundo”), e  relembrei  brincadeiras de   Esconde Esconde, Gato Mia e até pensei na de médico, que rapidamente achei mais prudente esquecer . Me julgava um “tio” capacitado para enfrentar a monotonia, com um arsenal de entretenimento que garantiu a minha sobrevivência por vários anos.  

Depois de 3 dias e vários mm de chuva, frustração absoluta: todas as propostas foram veementemente rejeitadas de maneira unânime … Estamos em 2012: 8 crianças, 8 Ipads. 8 soluções independentes e solitárias. Brigas agora são causadas pela posse dos  carregadores  para assegurar que nenhum equipamento descarregue e que os jogos virtuais não sejam interrompidos…

Ninguém é acusado de roubar, de mentir, de ter inventado regras. Os tablets não roubam e não mentem. As regras são soberanas. Ao invés de temer pela “morte de tédio” das crianças,  meu receio passou a ser que algum equipamento super aquecesse e explodisse no seu colo por excesso de uso. Continuou chovendo e fiquei com a  certeza que apesar de seus IPads haverem descarregado, a energia dos oito permaneceu acumulada.  Novos tempos, novas fórmulas.

Liguem para o Guardiola

Hoje Pep Guardiola anunciou que decidiu abandonar a função de técnico do Barcelona. Foram 4 anos , 13 títulos e uma revolução no jeito de jogar futebol , que certamente colocará este time do Barça como um dos melhores da história. Não sei o que o Guardiola vai fazer da vida. Ele até pediu desculpas a torcida dizendo que neste último ano já estava um pouco desmotivado e não se dedicou integralmente ao seu trabalho (feedback: fez o suficiente ao trucidar o Santos…). Parece que vai para um ano sabático mas seria bem interessante vê-lo no comando da seleção brasileira de futebol em tempos de pré-Copa do Mundo. A economia do Brasil está aquecida,  a Espanha está com uma taxa de desemprego de mais de 20% , o seu estilo de jogo poderia ajudar a resgatar as raízes do futebol brasileiro e  todos se fariam entender com um perfeito portunhol (lembrando que este não seria um grande problema, afinal mestre Joel Santana, com sua prancheta mágica, foi técnico da África do Sul, com um inglês (?) primitivo). Acho que pelo desafio futebolístico de comandar o Brasil em uma Copa do Mundo em casa, até poderiam convencê-lo (quem seria o melhor interlocutor para ligar e persuadí-lo: o Marin ou o Andrés Sanchez ? )…mas difícil mesmo é fazer com que largue as delícias de Barcelona.  Refleti depois de ver este vídeo que as chances realmente não são muito grandes. Acho que acabaremos indo de Mano ou Felipão.

9 anos em 2 minutos

Uma das coisas mais marcantes de ser pai é não cansar de se surpreender com a velocidade com que seus filhos crescem. Os momentos de choque acontecem quando você menos espera…No dia em que seu filho fala pela primeira vez, quando você o vê engatinhar , quando você tem que carregá-lo do sofá para a cama e percebe o quanto ele está pesado e mal cabe nos seus braços. Ou quando começam os questionamentos, as colocações estruturadas, que não são mais compatíveis com gugudadás. E as dúvidas para a lição da escola ? Você se sente incapaz de contribuir e só pensa como  já podem expor o seu filho a coisas tão complicadas.  São flashes, em que  você percebe que seu  filho está crescendo , que a vida está passando e que o tempo é implacável. Você olha para trás e nota que os anos se passaram em frações de segundo e que a criancinha da sua imaginação, não existe mais, já é parte do passado. Vi hoje este vídeo no www. mashable.com. Um holandês que fotografou o seu filho, todas as semanas , desde o seu nascimento até hoje. O menino tem 9 anos, o vídeo tem 127 segundos…9 anos em pouco mais de dois minutos. Não deu para não pensar no meu filho…Não deu para não refletir sobre o tempo.

Mar e asfalto



Li no site da National Geographic uma estatística interessante que serve para animar conversas de bar e impressionar os amigos . Em 2011 não houve nenhuma vítima fatal de ataques de tubarões nos Estados Unidos.  Na verdade, o número de ataques sem mortes também caiu. Em 2011, apenas 29 pessoas foram atacadas, comparadas a uma média na última década de 39 ataques. Qual a explicação para esta súbita diminuição ? Segundo os especialistas, a tese mais provável é que a crise econômica fez com que o número de turistas na Flórida, meca dos ataques nos EUA, caísse sensivelmente…Menos turistas nas praias, menos comida farta, menos ataques de tubarões.

E quantas pessoas morreram atacadas por tubarões em todos os cantos do mundo no ano passado ? 12 ! Este ,em compensação, foi o recorde dos últimos 19 anos. Tudo bem que eu não gostaria de virar comida de tubarão e esta estatística só é desprezível para quem não  virou chiclete mas acho que estão exagerando um pouco na perseguição aos coitados dos tubarões.

O número de motoqueiros mortos por ano na cidade de SP é seis vezes maior do que isto…Será que a National Geographic também não deveria fazer este acompanhamento estatístico ? Vão chegar a conclusões bem mais relevantes e quem sabe tanto os tubarões sejam menos estigmatizados como os motoboys um pouco mais protegidos.

Maus usuários de e-mail: punição já !

Utilizar e-mail ainda parece ser uma ciência complexa para muita gente. Fico pensando no benefício para toda a sociedade se a função “reply to all” ou “responder para todos” apenas fosse habilitada para pessoas que comprovassem ter ao menos dois neurônios funcionando. Deveria existir processo similar ao da carteira de motorista…Você só pode dirigir um carro se for aprovado em provas teóricas e práticas e se cometer faltar graves, pode ter a sua habilitação cassada. Com e-mails também deveria ser assim…Enviou e-mail por engano para toda a lista de distribuição da empresa ? Bloqueio. Enviou e-mail para toda a empresa, repreendendo o indivíduo que mandou o e-mail errado ? E-mail suspenso – volte a se comunicar por memorandos e por telefone. Enviou e-mail que mais parecem romances de Machado de Assis ? Aula de recuperação, escrevendo  à mão, mil vezes em uma lousa “e-mails deve ser curtos e diretos”.

O mau uso da ferramenta não é privilégio tupiniquim. Esta semana li que na Aviva, segunda maior companhia de seguros do Reino unido, um cidadão enviou um e-mail por engano para 1200 funcionários . O conteúdo da mensagem ?  “Somos obrigados a lembrá-lo de suas obrigações contratuais para com a empresa que você está deixando. Você deve manter confidenciais informações relativas a operações da Aviva Investors, sistemas e clientes. Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para lhe agradecer e desejar sucesso no futuro”. Resumo: um e-mail que deveria ter sido enviado a apenas uma pessoa que seria demitida foi dirigido a 1200, de todas as partes do mundo, gerando um caos na empresa e obrigando o relações públicas a se manifestar perante o mercado para explicar o ocorrido. Alguém tem alguma dúvida que além do demitido original , o iluminado de recursos humanos que fez isto também deveria ter entrado na lista de demitidos e quem sabe, como último ato, enviar a dita mensagem a si próprio ?

O elefante quase roeu a roupa do rei da Espanha

Não está fácil a vida do Rei da Espanha. Apareceu de bacia fraturada, foi operado, está caminhando de bengala mas ninguém está com nenhuma pena. A fratura aconteceu durante uma viagem de sua majestade a Botswana, para onde tinha ido com a nobre finalidade de caçar elefantes.

Detalhe é que  ninguém sabia da aventura e enquanto o rei se divertia, a Espanha enfrenta uma grave crise econômica com desemprego recorde e uma série de medidas austeras sendo tomadas pelo governo. Primeiro veio o desconforto de que a viagem estaria sendo paga com dinheiro público, agora se descobriu que quem pagou a conta foi um amigo saudita do rei, que tem uma série de negócios imobiliários na Espanha, configurando um pequeno conflito de interesses. Caçar elefantes também não parece ser uma atividade muito compatível com o cargo de presidente honorário da filial espanhola WWF (Fundo para Conservação da natureza), cargo que o rei também ocupa. O rei não teve escolha e veio a público pedir suas desculpas a população espanhola. Foi a primeira vez na história que sua realeza se dirigiu aos súditos para pedir perdão…Certamente compreendeu que seria melhor se desculpar do que ver crescer a pressão popular por um pontapé ainda maior em seu traseiro, que já está machucado. Fiquei pensando no que aconteceria se a mesma coisa ocorresse com o CEO de uma empresa e qual seria a posição  dos acionistas. Será que eles teriam a mesma paciência de elefante ?

Pirlimpimpim fitoterápico

Como é dura a vida das mães de recém nascidos…Ansiosas, tensas , angustiadas tem que lidar com os pequenos problemas de saúde de seus rebentos. Soluços, febres, brotoejas, cólicas, refluxo…Para tentar resolver os contratempos vale todo o tipo de recomendação: dicas passadas pela mãe (nunca pela sogra !), conselhos da vizinha, ligações no meio da madrugada para pediatras que possuem alma de monges budistas. As soluções caseiras então, são infinitas e criativas: Maizena para tratar as assaduras, fiozinho na testa para combater os soluços (se for de lã vermelha melhor ainda) e banhos de água morna para baixar a febre.

Pois bem, o exército de mães desesperadas acaba de ganhar mais um motivo para se preocupar: a Anvisa decidiu cancelar o registro de vendas da Funchicórea. A Funchicórea é um pózinho que se dilui em água ou se coloca diretamente  na chupeta para (teoricamente) aliviar a prisão de ventre e as cólicas dos pimpolhos. A argumentação para se retirar a Funchicórea do mercado (depois de 72 anos…) é a falta de estudos científicos que comprovem a eficácia do produto. Digamos que para algumas mães a funchicórea é um “pó pirlimpimpim fitoterápico”, capaz de fazer mágica com as dores de seus filhos. Na verdade não sei se funciona ou não para as barriguinhas dos bebês mas , com ou sem estudo científico, o produto parece funcionar incrivelmente como calmante para as mamães desamparadas.

Bafo de leão

Não existe nada pior do que ter que conviver com a turminha do bafo de leão. É constrangedor…Você não sabe o que falar com aqueles colegas de trabalho que tem mau hálito, digno de dragão e capaz de dificultar qualquer convívio social. Todo mundo sabe quem são os problemáticos, mas ninguém tem coragem de ter uma conversa franca com o cidadão. Existem ofertas de balinha, empréstimos de pasta de dente, frutas no break, mas nada parece resolver o bafo. Manter a distância se transforma em questão de sobrevivência e o  bafudo recebe vários codinomes deselegantes dos colegas. Pois é…a turma da Ogilvy captou este espírito para uma campanha de  Tic Tac  na França. Combinaram o mau hálito com o bom humor e produziram este flash mob pelas ruas da França. Não sei se irá resolver o problema e talvez eles precisassem também  fazer uma co-promoção com fabricantes de desodorante ,mas pelo menos deram o primeiro passo para o país ficar mais perfumado e divertido.

Se eu fosse um marinheiro

Minha relação com o mar sempre foi de respeito e uma certa distância. Acredito muito no lema que diz que “água no umbigo é sinal de perigo” e gosto mais de olhar para o horizonte  do que  vivenciar aventuras submarinas ou sofrer com enjoos que insistem em aparecer em passeios de barco. Confesso  também que nem a praia se salva e tenho uma leve predileção por piscinas azulejadas, livres dos grãos de areia, que sempre  se escondem em rincões remotos do seu corpo por dias a fio. Ainda assim, desde pequeno achei as histórias dos navegadores absolutamente fascinantes. Começando com os descobridores do passado que se aventuravam em caixotes flutuantes, até a turma de  hoje em dia, que embarca em seus veleiros para cruzar os oceanos sem ter data para voltar.  Existe um espírito de desprendimento (não estou falando do iate de R$ 15 mi do Neymar) , companheirismo e uma integração com a natureza que me cativam.

Minha paixão pelas histórias do mar cresceu um pouco mais ao saber do  naufrágio do barco brasileiro “Mar sem fim” , que estava em uma expedição na Antártica . O “Mar sem fim”  acabou afundando,  retorcido pelo gelo que se acumulou ao seu redor depois de ter brigado com ondas gigantes e vendavais. O relato dos tripulantes descrevendo a luta do barco pela sobrevivência é emocionante e  não dá para ler e não sofrer junto com eles , especialmente quando descobrem que o “Marzão”, como o chamavam, não resistiu.  Me deu uma vontade enorme de  reler  “Velho e o Mar” , “Moby Dick” e  as histórias do Endurance de  Shackleton…Conclui que muito mais do que  do mar, gosto da maneira como  os “marinheiros” o respeitam e o admiram.

10000 anos

Ainda estava sob o impacto do filme do Raulzito que dizia ter nascido há dez mil anos atrás. De repente descubro que o Jeff Bezos, fundador da Amazon.com está patrocinando o projeto de construção de um relógio para marcar o tempo pelos próximos dez mil anos (saiba mais clicando aqui 10000 year clock)! O relógio é um tributo ao pensamento de longo prazo e pretende simbolizar o compromisso com o futuro, tem escala monumental e está sendo construído no interior de uma montanha,
de propriedade de Bezos, no interior do Texas.

O “tic tac” do relógio acontecerá uma vez por ano, o ponteiro se moverá a cada cem anos e o cuco aparecerá a cada milênio! Depois de ver isto fiquei em dúvida para saber quem é o mais louco da história. O que diz que nasceu há dez mil anos atrás ou aquele que quer deixar um legado para dez mil anos para frente ao custo de US$ 42 milhões…só o tempo dirá.

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 68.516 hits

Páginas mais populares

Jogo do banquinho
O Brasil e seus patrimônios imateriais
O verdadeiro grito
A lei do Bauru
abril 2012
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
%d blogueiros gostam disto: