Matemática Flamenguista

Rio de Janeiro FlamengoRio de Janeiro, 450 anos ! Rio de Janeiro sem futebol, não seria Rio de Janeiro e nada mais justo que o time mais popular da cidade se manifestar para comemorar a data. Tudo muito bom, tudo muito bem mas o que era para ser uma leve gozação do Flamengo com a concorrência, acabou virando um belo gol contra. Os publicitários flamenguistas podem até ser bons de layout mas são catastróficos em equações matemáticas. Não teve jeito da conta deles fechar… Se a torcida do Flamengo é mais da metade, fica bem difícil a outra metade sonhar em ser rubro-negra. A solução da equação foi tirar o anúncio do ar. As agências de publicidade, além de revisores de texto deveriam começar a contratar também revisores de tabuada e frações.

Brasil: capital Buenos Aires

ImagemQuem viaja por aí sabe que embora isto tenha diminuído, não são incomuns questionamentos sobre que língua falamos, se a nossa capital é Buenos Aires e outras dúvidas peculiares sobre florestas, índios e cobras. A famosa globalização e a entrada do Brasil no circuito pop deram uma melhorada na situação e embora Rio de Janeiro com o Pão de Açucar e Corcovado ainda sejam referências e sinônimos de Brasil, aos poucos São Paulo, a Marginal Tietê e o Sanduíche de Mortadela do Mercadão, gradativamente passaram a ser incluídos no mapa mundi.

Era o que eu achava…Eis que vejo que a NBC, uma das maiores redes de TV dos Estados Unidos, ao reportar a desgraça de Santa Maria, resolveu brindar os seus espectadores com a geo-localização dos fatos. No mapa da NBC, São Paulo, pequenininha, com seus alguns milhões de habitantes se deslocou uns 4000 Km e a selva que era de pedra, agora é amazônica. Quem sabe até a Copa do Mundo não resolvem acertar o mapinha….

A distância é maior do que uma ponte aérea

O que você espera quando vai a uma churrascaria ? Comer boa carne, com bom serviço ? Esta sempre foi a minha lógica e parece ser a da maioria das pessoas. Talvez por isto, a churrascaria Fogo de Chão tenha se transformado quase em uma unanimidade entre os carnívoros de São Paulo. Um boi para cada um, no ponto que o cliente desejar e garçons em profusão, orbitando em torno de sua mesa, sempre ágeis e eficientes. A orgia gastronômica não é meu ideal de refeição e é verdade que não precisava do traje de gaúcho dos garçons, afinal o carnaval já acabou e o objetivo de ir lá é comer e não participar de uma festa a fantasia, mas até isto tem seu charme kitsch. Apesar de tudo isto, não dá para discutir a qualidade do restaurante.
Pois bem, ontem fui a um jantar em uma churrascaria no RJ e os locais começaram a discutir entre si sobre qual era a melhor churrascaria da cidade. Havia uns 15 cariocas ao redor de mim e todos votaram no Porcão, apenas com variações sobre qual era a melhor filial: Ipanema, Aterro, Niterói, Barra etc…E mais incrível, todos criticaram bastante a filial carioca do Fogo de Chão, que fica em um lugar espetacular, com vista para a enseada de Botafogo. Sabem quais eram as críticas principais ? Não tem sushi e sashimi e tem pouca variação de carnes não bovinas! Pude entender a mensagem como falta tender com abacaxi, paleta de cordeiro da Nova Zelândia com molho de menta e pintado na brasa levemente puxado em uma redução de maracujás silvestres. Ou seja, tudo o que em SP é qualificado como distração para a degustação da picanha, carne sagrada de uma churrascaria. Vai entender…50 minutos de vôo e consumidores completamente diferentes. Definitivamente há mais do que uma ponte aérea entre SP e RJ. Já havia percebido isto no hábito de se colocar ou não ketchup na pizza, mas sinceramente achava que na avaliação de uma churrascaria a convergência e as preferências seriam maiores.

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 62.628 hits

Páginas mais populares

novembro 2018
S T Q Q S S D
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
%d blogueiros gostam disto: