Energia acumulada

Feriado: dias de chuva interminável na fazenda e oito crianças entre 8 e 10 anos para administrar. O dilúvio determina o ritmo das atividades : não tem cavalgada, não tem piscina, não tem jogo de bola. A situação de tédio não é nada diferente do que eu cansei de vivenciar na minha infância.

Me preparei para o desafio e desenhei o plano anti-aborrecimento : retomei mentalmente regras de jogos de cartas, as estratégias de partidas de WAR (Alaska ataca Vladivostok) ou Banco Imobiliário (comprar rápido a Avenida Atlântica),  lembrei da TV Globo com “Sessão da tarde” e seus clássicos como Flipper ou Digby ( “O maior cão do mundo”), e  relembrei  brincadeiras de   Esconde Esconde, Gato Mia e até pensei na de médico, que rapidamente achei mais prudente esquecer . Me julgava um “tio” capacitado para enfrentar a monotonia, com um arsenal de entretenimento que garantiu a minha sobrevivência por vários anos.  

Depois de 3 dias e vários mm de chuva, frustração absoluta: todas as propostas foram veementemente rejeitadas de maneira unânime … Estamos em 2012: 8 crianças, 8 Ipads. 8 soluções independentes e solitárias. Brigas agora são causadas pela posse dos  carregadores  para assegurar que nenhum equipamento descarregue e que os jogos virtuais não sejam interrompidos…

Ninguém é acusado de roubar, de mentir, de ter inventado regras. Os tablets não roubam e não mentem. As regras são soberanas. Ao invés de temer pela “morte de tédio” das crianças,  meu receio passou a ser que algum equipamento super aquecesse e explodisse no seu colo por excesso de uso. Continuou chovendo e fiquei com a  certeza que apesar de seus IPads haverem descarregado, a energia dos oito permaneceu acumulada.  Novos tempos, novas fórmulas.

Brinquedo novo

A minha vinda para os Estados Unidos esta semana coincidiu com o dia de chegada as lojas do IPad 3, ou the new Ipad, como a Apple decidiu chamá-lo. Não sei se ele é tão mais rápido, se a definição da tela é tão melhor ou se o leitor de retina realmente funciona….O que sei é que é novidade, que eu estava por aqui e que faria o meu esforço de logística para comprá-lo. 
Assim foi. Mal minha reunião acabou e lá fui eu em busca da Apple Store mais próxima. Procurei manter minha expectativa baixa…o risco de já ter acabado e de eu voltar para casa de mãos vazias era real. Sempre tem uns mais esquisitos do que eu, dispostos a dormir na porta para serem os primeiros a terem a novidade, aparecerem na TV e zerarem os estoques nos primeiros dias.
Deu certo ! Os nerds deram uma chance, se esqueceram da loja em que eu fui e ainda tive a chance de escolher se queria preto ou branco. Já que não tenho certeza se o novo será tão diferente do Ipad 2, resolvi mudar de cor…assim me convenço que ao menos alguma coisa é diferente e não me confundo.
Para alguns, esta é uma compra técnica…o que mudou ? melhorou mesmo ? Há quanto tempo tenho o Ipad velho ? Quando virá a nova versão ? 
Para mim é puramente emocional. Dizem que a única diferença de meninos para homens é o tamanho e o preço dos seus brinquedos…Hoje estou me sentindo um menino bem feliz ,louco de vontade de brincar e de mostrar o brinquedo para os amigos.

Orangotangos high-tech

Nos meus tempos de escola fiz várias provas de múltipla escolha em que a existência de alternativas realmente não me ajudava muito. O problema original é que não tinha a menor idéia da resposta e a única coisa que me restava era o famoso “chute”. Várias vezes refleti que um chimpanzé no meu lugar teria um comportamente similar e uma taxa de acerto equivalente a minha. Pois bem, depois de alguns anos eis que me reencontro em uma zona de convergência com os símios. Descobri que a Orangutan Outreach, uma ONG que tem como missão cuidar e proteger os orangotangos, está desenvolvendo um trabalho especial de estimular a interação dos animais com IPads. Os orangotangos desenham e assistem vídeos de seus primos que vivem nas florestas da Indonésia. Você pode contribuir para este trabalho ou com dinheiro ou doando o seu IPad usado (http://www.redapes.org/apps4apes). Com algumas doações a mais e um pouco de prática, em breve certamente eles estarão desafiando as minhas marcas no Angry Birds e no Fruit Ninja.

Se não pode vencê-los junte-se a eles

Outro dia me lembrei de uma antiga paixão de infância pelos carrinhos Matchbox. Os Matchbox eram carrinhos miniatura feitos de metal que reproduziam perfeitamente os carros originais Eu tinha vários modelos e fazia diversas corridas imaginárias pelo chão da casa onde existiam acidentes espetaculares,capotagens, resgates de guincho e finais de prova emocionantes que por vezes envolviam arremessos de carrinhos na cabeça do meu irmão. Os Matchbox ficaram pelo tempo. Chegaram os Hot Wheels mas nunca percebi na geração dos meus filhos um grande entusiasmo pelos carrinhos. A fascinação pelos games e pelo universo virtual sempre foi muito maior. Acho que a Mattel, fabricante dos Hot Wheels percebeu a mesma coisa e resolveu se modernizar e tentar conciliar os dois mundos. A Mattel anunciou para maio o lançamento de sua linha de appcessories, ou acessórios para aplicativos de IPad. As crianças (e obviamente os adultos…), poderão utilizar os seus brinquedos físicos para interagir com o IPad e levar a diversão para além da dimensão chapada do tablet. Os carrinhos terão tecnologia embutida que permite que eles sejam reconhecidos pelo aplicativo.
Além dos carrinhos “reais” que correrão em circuitos virtuais, a Mattel lançará também bonequinhos que interagirão com alguns dos games mais populares do IPad:Angry Birds, Fruit Ninja e Batman Cavaleiro das Trevas. Cada bonequinho custará US$ 20,00. A Mattel percebeu que já que não dá para vencer os games virtuais, o melhor é se juntar a eles. Vi esta notícia no http://www.laptopmag.com.

De IPad para ICrash

Qual a sensação que você tem quando o seu IPad de estimação se esborracha no chão e a tela se transforma em um mosaico de cacos de cristal líquido ? No meu caso, a primeira reação foi procurar quem culpar. Pensei nas crianças e na empregada mas como eu estava sozinho, a responsabilidade obrigatoriamente recaiu sobre mim mesmo. Me repreendi duramente, me julguei uma anta e me auto-flagelei. Como nada disto foi suficiente, veio a dúvida entre esperar 2 meses e comprar um possível IPad 3 ou encarar o olhar de reprovação do vendedor da Apple Store, fazer cara de carente e chorar um desconto para pegar um novo. Ficar mais dois meses olhando a tela em migalhas e me recriminando pela orelhada, certamente geraria um mau humor tamanho em mim que a dúvida se dissipou rapidamente. Aproveitando que eu estava nos EUA, lá fui eu para a Apple Store. Algumas lendas da Internet diziam que a Apple reporia o meu Ipad de graça. Bem que tentei chegar com cara de vítima, de nerd abalado, mas não foi bem assim…Recolheram o IPad antigo e me venderam um novo, exatamente igual,pela metade do preço. Já sai da loja com o novo IPad clonado, com todos os aplicativos e configurado de maneira idêntica ao original. Achei justo e simpático, afinal eles não tiveram nada a ver com a minha falta de coordenação motora ao derrubar o IPad.

O aplicativo da Apple Store. Você mesmo processa sua compra na loja...


O vendedor ainda me ensinou que se eu baixar o aplicativo da Apple Store para a IPhone, consigo entrar na loja e comprar acessórios sem sequer ter que falar com ninguém. O aplicativo transforma meu celular em um leitor de código de barras e processador de cartão de crédito e eu mesmo faço tudo. Por isto a Apple é a Apple.

O duelo: meu IPad vs. Malu

O G-Form desenvolvido para proteger o IPad de quedas do espaço e dos ataques da Maria Luiza

Este final de semana tive a oportunidade de expor o meu IPad a um teste de resistência incrível. Ele foi manuseado com bastante entusiasmo pela Maria Luiza, uma criança de 11 meses. Maria Luiza, babou, batucou, beijou a tela, quase deixou cair etc…Enfim foram momentos de intensa tensão para mim, confesso que em parte pelo risco do aparelho cair no pé dela e mais pela perspectiva de uma perda total do meu IPad. O risco era enorme…ou pela eminência de choque com o chão (ela já tem o histórico de destruição de um IPhone de sua mãe usando esta técnica…) ou por uma reação de sua babinha de alto potencial de destruição, com os circuitos elétricos e eletrônicos do meu IPad. O IPad sobreviveu e fiquei aliviado, afinal não seria fácil reclamar com uma menininha de apenas 11 meses. Ela não entenderia meus argumentos.
Para o próximo encontro com a Malu irei mais preparado. Pretendo comprar um case da G-Form, que promete absorver 90% da energia de uma queda de alta velocidade de um IPad, mesmo que seja do espaço. Para divulgar o produto a G-Form desenvolveu este incrível vídeo que encontrei no http://www.mashable.com e que demonstra como o IPad, equipado com esta super capa, pode sobreviver a choques violentos. Me aguarde, Maria Luiza, desembolsarei US$ 44,95 para ter certeza de que você não irá me derrotar. Não vale o golpe baixo da babinha…contra ele nem os técnicos da NASA encontraram uma solução.

Assaltantes em extinção

Muitas vezes escrevo sobre tecnologia, com novidades sobre aplicativos, equipamentos etc…Hoje vou escrever sobre como a tecnologia está modificando as atividades de uma “profissão” bem tradicional, a dos “trombadinhas” (não encontrei um nome melhor para eles…) . A base do post é uma informação da polícia de Nova York (publicada no New York Times: http://www.nytimes.com/2011/11/05/nyregion) que possui um mapeamento de um grupo específico de bandidos que agem a moda antiga nos vagões de metrô de NYC: com um estilete, cortam os bolsos de pessoas bêbadas que dormem na volta das baladas e roubam as suas carteiras.

Tem até um nome para este tipo de roubo, se chama “lushing” e o sujeito quando acorda se dá conta de que está de ressaca, sem carteira, mais pobre e com um buraco nas calças. Aqueles que o praticam ter que ser hábeis o bastante para não acordar o bebum e não machucá-los com a lâmina. É uma arte… Sua faixa etária ? Senhores de meia idade nascidos entre 1931 e 1948. Quantos são ? 109 ! Sim, a polícia americana mapeou estes senhores e diz que eles são “técnicos especializados” e que não conseguem modificar seus hábitos e se adaptar aos novos tempos, se transformando em velhos conhecidos da polícia e que estão fadados a extinção. Quais são os novos tempos ? Ao invés de ter trabalho com estiletes e roubar carteiras, que em momentos de crise podem estar vazias, roubar IPads de USD 500,00 e SmartPhones para revender. É garantia de maior renda com menor trabalho!

Nostalgia digital precoce

Hoje encontrei na internet um cidadão que foi capaz de manipular no Photoshop algumas imagens de pássaros “reais” para que eles ficassem parecidos com os pássaros do Angry Birds (mais imagens vocês encontram em http://holykaw.alltop.com) . É a subversão da ordem natural das coisas…Para quem não sabe, Angry Birds é um dos aplicativos mais populares de todos os tempos para IPhones e IPads (já para quem não sabe o que é um IPhone, um IPad ou um aplicativo, reconheço que o post ficará um tanto sem sentido).   É um joguinho viciante em que você controla um estilingue e fica lançando pássaros contra porcos verdes com objetivo de matá-los (com esta descrição realmente não parece a coisa mais excitante do mundo). Fiquei meses tentando superar todas as fases e buscando conseguir três estrelinhas em cada uma delas. As imagens me deram uma certa saudade do Angry Birds e me estimularam a retomar o vício. De repente o Angry Birds me pareceu uma diversão de muitos anos atrás, similar ao PacMan do Atari…No íntimo porém sei que será um flash back  fugaz….confesso que a paixão do momento  é um  aplicativo chamado Where is my water ? (US$ 0,99 na App Store) , em que você deve ajudar um jacaré a tomar banho (ainda mais excitante, né ?). Refleti um pouco mais e concluí que também não fui muito fiel no passado ao Fruit Ninja em que você tem a missão de se passar por um ninja e degolar uma série de frutas voadoras. Assim é a vida virtual. Vamos ver por quanto tempo me motivarei a dar banho no jacaré…

 

 

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 62.628 hits

Páginas mais populares

novembro 2018
S T Q Q S S D
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
%d blogueiros gostam disto: