Chico e Bento: a transição

Bento e Chico– Bento ?
– Sim.
– Sou eu,Francisco.
– Francisco! Meu pibe! Estou tão orgulhoso…Não te reconheci com estas roupas.
– Obrigado, o sr. sabe que nada disso teria acontecido sem a sua renúncia. O sr. recebeu a caixa de alfajores que mandei para agradecê-lo ?
– Sim, claro. Obrigado. Não era necessário. Dividi com as irmãs aqui do castelo.Adorei aquele com recheio de doce de leite.Guardei um para o lanche de hoje.
– O sr. é experiente, já passou pelo que eu estou passando. Queria pedir umas dicas. Estes primeiros dias são muito importantes para mim…
– Sim, sem dúvida. O que te preocupa ?
– Vamos lá…A primeira coisa…Adorei aquele balcão em que estive ontem , com vista para a Praça de São Pedro. Pensei em pedir para colocarem uma churrasqueira e transformar em uma varanda gourmet. Já estou com saudades dos ojos de bife que comia em Buenos Aires. O senhor acha que isto vai contra a minha imagem ?
– Francisco, eu não faria isto agora. Espere um pouco mais…Você sabe que agora estou mais tranquilo, passeando por aí..Ontem lembrei de você : fui almoçar em um restaurante argentino ótimo em Trastevere. Se quiser posso te dar o endereço.Lá tem ojo de bife con papas…
-Não acho prudente eu me expor nesta fase…Continuarei fazendo a minha própria comida e almoçando em casa…
– Como preferir. O que mais te perturba, Francisco ?
– Queria tomar uma ação firme contra a turma que está molestando as crianças. Isto está nos desgastando.
– Sim, concordo. E o que pensou fazer ?
– Decretar a extinção dos coroinhas. Baní-los das missas.
– Francisco, os coroinhas são vítimas. Você deve atacar a causa.
– Sim, Bento. Refletirei sobre o assunto…poderia mesmo ser precipitado mas precisamos avançar… Devo dizer que já pedi ao cardeal encarregado para interromper as compras de pirulitos, chicletes e balas aqui para o Vaticano.
– Sábia medida, Francisco.
– Estive pensando também sobre o descontrole de nossas finanças…
– Sim…
– E se eu anunciasse que estamos em conversações com um parceiro. Pensei no banco Panamericano…
– O que é o Banco Panamericano, Francisco ?
– Um banco bastante conhecido no Brasil. Ouvi dizer que o seu dono também se comunica com as massas e lidera multidões. Seria um sinal concreto de que o meu pontificado irá se aproximar da América Latina e do povo.
– Isto parece ser muito interessante, Francisco…Uma ação de impacto e alinhada com a sua plataforma no conclave.Convide o dono deste banco para uma missa. Quem sabe, esta não seja a saída…
– Obrigado, Bento. Farei isto. O sr. me ajudou bastante. Este começo não será mesmo fácil.O sr. se incomodaria se eu telefonasse de vez em quando ?
– De modo algum…Fique a vontade. Pediria apenas para você me ligar depois das 4. Não quero perder nenhum capítulo do “Vale a pena ver de novo”…
– Assim, será. Respeitarei o seu descanso.

Bento e o RH (Capítulo 2)

Bento-XVI1

Sr.Bento, lamento perturbá-lo em suas orações mas o carmelengo me pediu para falarmos um pouco sobre a sua sucessão.

– Pois não. Apesar de aposentado me comprometi a seguir ajudando a todos.

– Procuramos em nossos arquivos e vimos que o sr. não preencheu o “Succession Plan” para 2013. O último documento que temos é o de 2012. Ele é um instrumento muito importante para termos a sua visão sobre os candidatos ao trono de Pedro.

– Sim, eu sei. Fiquei com preguiça. Também tenho os meus pecados…

– O sr. se incomodaria se, com base no documento de 2012, eu lhe fizesse algumas perguntas e atualizasse o arquivo ?

 – Não. Vamos lá.

– Vejo que o sr. dizia não ter um substituto imediato. O campo “papas: ready now” estava em branco. Todos precisariam se desenvolver.

– Sim, este quadro não mudou. Talvez vocês devessem buscar alguém no mercado. Minha opinião se mantém…Eu procuraria um headhunter e iniciaria imediatamente a busca de candidatos.

– Mas trazer alguém de fora de nossa igreja ? Será um choque de culturas. E estes nomes que o sr. disse que poderiam estar prontos em 3 anos ? Não podemos desenvolvê-los de forma acelerada ? Vejo que temos o arcebispo italiano, o cardeal africano e o monsenhor canadense neste grupo…

– Não, não estão prontos…

– Sobre o arcebispo, o senhor disse que ele deveria evoluir em comunicação…

– Sim…Assisti a uma missa dele e fiquei decepcionado. A homília foi monótona e monocórdia. Os fiéis dormiram.

– Mas e o curso do Reinaldo Polito que pagamos para ele ?

– Ele concluiu e foi bem avaliado. Ainda assim, eu preferia testá-lo um pouco mais antes de colocá-lo para falar para milhões de pessoas.

– Entendo…Manterei o nome dele no quadrinho  “pronto em 3 anos”, ok ?

– Sim. É o mais correto. Se meu sucessor morrer rápido, ele estará pronto.

– O cardeal africano ?

– Tire da lista. Foi visto pulando amarelinha e brincando de pega pega nos jardins do Vaticano. Me disse que era um programa de condicionamento físico mas eu acho que não podemos arriscar.

– O sr. tem razão. E o canadense ? O sr. havia mencionado necessidade de maior conhecimento técnico…

– Sim…perguntei a ele em que versículo do evangelho de João ele falava sobre o milagre da multiplicação dos peixes e ele não soube me responder.

– Mas isto o desqualifica como candidato ?

– Não foi só isto.  Ele me disse que achava os meus sapatos vermelhos de mau gosto.

– Oh ! E o senhor não o perdoou ?

– Este foi um dos motivos de minha renúncia. Não consegui esquecer…Não tive este desprendimento. Isto me fez refletir profundamente sobre o meu papel.

– Vejo então que estamos sem opções. Algum nome do mercado que o sr. indicaria para liderar o nosso rebanho ? Terei que conversar com o headhunter e passar um briefing.

– Tem gente muito capacitada liderando concorrentes nossos na África, na América do Sul…

– Como vamos atraí-los para vir para cá ? Eles tem avião, canais de televisão…Acho que não seremos competitivos.

– Tem razão, será difícil. Eu sempre falei para investirmos em coroinhas para que crescessem conosco. Fui muito mal compreendido…Você é do RH, pense em algo …

– Tive uma idéia ! Vamos tentar atraí-los com uma promessa de canonização.

– Brilhante! Isto não impacta o orçamento 2013 e está sob o nosso controle e é retenção de longo prazo. Peça para os candidatos apresentarem um currículo com os milagres que ja realizaram.

– Ok, obrigado sr. Bento. Conversarei com o carmelengo para seguirmos nessa direção. Em breve teremos fumaça branca…

Bento e o RH

Bento– Sr. Bento, o senhor trouxe a sua carta de demissão ?
– Sim, está aqui. Fiz de próprio punho conforme me pediram.
– Ótimo. Pelo que estou lendo,está tudo ok. Sua saída fica efetiva a partir do dia 28.
– Preciso que o senhor me devolva os equipamentos que utilizava.
– Deixei na sala: a batina, o cajado, os sapatos vermelhos e o anel do trono de Pedro.
– Perfeito. E o celular com o qual o senhor mandava tweets ?
– Pois é…Queria perguntar se posso ficar com ele. Gostaria de manter o número. É complicado mudar depois de 8 anos.
– Infelizmente isto é contra a nossa política. O senhor terá que devolvê-lo. Já solicitei inclusive, o bloqueio do seu usuário. Se for de seu interesse, alguém do IT poderá imprimir as mensagens de despedida que o senhor recebeu de seus colegas.
– Ok, seria bom. Aqui está o telefone. Aproveitando: queria saber se há uma maneira de prorrogar a vigência do meu plano de saúde. Não quero ficar descoberto e no castelo faz mais frio do que aqui…Temo pelo meu pulmão.
– Infelizmente isto é contra a nossa política. Como o senhor alegou motivos de saúde para nos deixar, vou discutir com o cardeal de RH para ver o que pode ser feito.
– Muito obrigado. Queria saber também se eu conseguiria levantar o meu fundo de garantia. Quero contribuir com a paróquia onde passarei a viver e este dinheiro ajudaria muito.
– Sr. Bento, esta é uma exceção que não abrimos. Poderia criar um precedente perigoso e outros poderiam querer o mesmo benefício.
– Compreendo. E o veículo ? Tenho direito de comprar o papamóvel ??
– Há quantos anos o sr. estava com este carro ? Que Kilometragem tinha ?
– Está comigo há uns 5 anos anos mas é pouco rodado…Só usava aqui no Vaticano para dar voltas na praça.
– Entendo, sr. Bento, Neste caso, como o veículo não atingiu o limite estabelecido pela empresa, o sr. não tem direito a compra. O papamóvel ficará para quem substituí-lo.
– Sei…
– O sr. trouxe o seu crachá ?
– Nem me lembrava que eu tinha crachá…Sempre que eu chegava na capela os guardas a abriam para mim sem mostrar nada. Já me conheciam. Deve estar na gaveta do oratório. Vou procurar. Envio aos seus cuidados ou ao carmelengo ?
– Agradeço. Pode ser aos meus cuidados. Algo mais que o senhor gostaria de saber. Alguma dúvida ?
– Está tudo claro. Posso pedir uma carta de recomendação pelos serviços que prestei ?
– Sr. Bento, seria um prazer, mas espero demorar muito tempo para encontrar o seu chefe e pegar a assinatura dele nesta carta.

Unidos do Vaticano

papa-bento-xvi-chapeuvermelhoE Bento resolveu se aposentar…Para quem casa e se depara com as dificuldades da vida a dois ele recomendaria aguentar firme, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença…No caso dele, decidiu que não era bem assim e lá se foi, inaugurando a carreira de ex-papa para se dedicar a leituras e orações. Tenho certeza que se manterá  firme em seus propósitos e em sua clausura, evitando que alguma empresa tenha a luminosa idéia de querer  contratá-lo para falar em convenções de vendas sobre liderança e trabalho em equipe.

Enfim, estava no seu direito mas algo me diz que ele escolheu deliberadamente a segunda-feira de carnaval para o seu gesto, afinal nesta data o maior país católico do mundo fica sensivelmente mais próximo da luxúria e da tentação do que de qualquer  coisa celestial. Parece que queria passar uma mensagem…Conseguiu espaço no noticiário e agitou o carnaval. O resultado desta mistura na mídia ? Um pouco de cardeal com bacanal, comissão de frente com conclave, papa com rei momo, silicone com hóstia, Sapucaí com Vaticano, carnavalesco com camerlengo. Neste feriado, o Grêmio Eclesiástico Unidos do Vaticano mereceu nota 10 com seu fantástico enredo…ninguém tinha feito algo parecido nos últimos 500 anos.

O papa é pop

bentoxvi-ipad-vaticanosapatos-do-papa-300x210O papa já tinha mostrado os seus sinais de conexão com o universo pop quando apareceu com os seus calçados Prada vermelho. Hype. Agora o Vaticano anunciou a criação de uma conta no Twitter para sua santidade Bento XVI (@pontifex, ou  “construtor de pontes” em latim). Mesmo sem ter postado nada, nem uma bençãozinha sequer , ele já tinha angariado 400.000 seguidores em horas. O primeiro tweet  é esperado apenas para o dia 12/12. Será bastante divertido ver quem o papa irá seguir (@justinbieber ??, @ladygaga ??,@katyperry ??…) e qual será o seu comportamento. Será que seus seguidores que se comportarem mau serão bloqueados e posteriormente excomungados ? Podemos esperar sermões em 140 caracteres ? Será que o Bento irá retweetar piadas contadas pelos cardeais ? E durante as missas ? Dará uma olhadinha discreta em seu SmartPhone para conferir as novidades ?? Estou esperando agora o seu ingresso no Facebook, com inevitáveis likes para a Capela Sistina e o Papamóvel. Em homenagem ao movimento de abertura do pontíficie à tecnologia, lembrei de um clipe com uma das músicas mais chatas de todos os tempos, composta pelos Engenheiros do Havaí, mas que ganha ares proféticos e inevitáveis neste momento, afinal o papa é pop (ou mais provavelmente, gosta de ser percebido assim…). Ouvir este clipe 5 vezes tem poder de absolvição por pecados cometidos equivalente a rezar 50 Aves Maria e é bem pior do que ajoelhar no milho…Se o pecado for mais grave do que isto, o que é difícil, recomendo ouvir 10 vezes “Infinita Highway”…Qualquer um que suportar esta penitência vai para o céu.

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 62.628 hits

Páginas mais populares

novembro 2018
S T Q Q S S D
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
%d blogueiros gostam disto: