Guardião vs. Java

justice_league_heroes_wallpaper_by_kyomusha-d5fue49Eu sempre sonhei em ter um super-herói que se dedicasse a me proteger.  Vivia desamparado, observando a mobilização do Batman para lutar contra o Curinga, contra o Pinguim e o Charada . Sempre disposto a salvar a humanidade. Mas e eu ? O Batman não me representava, meus vilões poderiam ser outros…Nunca acreditei que o homem morcego, estivesse pronto para me defender dos meus verdadeiros inimigos…

Há alguns meses comecei a ter pesadelos com um vilão chamado Java. Java é silencioso e se materializa em forma de xicrinha de café, sempre atacando as suas vítimas  derramando líquido fumegante  dentro dos seus computadores. É paciente e determinado, age de forma cruel e lenta…Java não morre…se multiplica e renasce…Já está em sua sétima versão. Java é tão cruel, que segundo consta, seria capaz de  roubar toda a minha fortuna e me fazer morrer na miséria.  Java me imobilizaria e me estorquiria. Alguém precisava me salvar…

Graças ao Banco Itaú, finalmente encontrei um defensor particular. Nem precisei dar procuração. O Super Itaú, agindo como um Clark Kent do sistema financeiro, entrou na cabine telefônica e saiu vestido de Guardião. Tomou conta do meu computador disposto a derrotar o tal Java e definiu que enquanto ele não conseguir fazer isto, eu devo esperar. Itaú é um justiceiro ! Eu sempre desconfiei disto ao ver  como ele foi capaz de levar os juros ao infinito e além. Uma espécie de Buzz Lightyear laranja… um banco com espírito de herói.

O Guardião Itaú segue duelando com Java há meses. Dentro de minha própria sala !  Tento falar com ele para saber quando a batalha terá fim e se há algo que eu possa fazer. ..Quem sabe juntos, nós matamos o tal Java ?  Itaú, direto da liga da justiça, me fala que é meu guardião e esta batalha não tem data para terminar . Soberano, me alerta que eu corro risco e  preciso de proteção ! Argumento com Itaú que preciso pagar contas, transferir um dinheirinho. Convicto e magnânimo, o herói laranja, disse que eu preciso entender…estou sendo egoísta e só pensando em mim. A humanidade está em perigo.  Minhas dívidas e meus problemas que esperem. Sigo acompanhando a batalha em minha própria tela de computador.  Se o Super Guardião Itaú demorar mais um pouco, o convidarei  a fazer companhia ao sr. Incrível, como herói aposentado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 66.281 hits

Páginas mais populares

Mostarda mas não falha
Jogo do banquinho
Bolinhos, pique pique e reflexões sobre a data de nascimento
Presentes de natal em tempos de paranóias terroristas
Piu-piu sem Frajola
outubro 2013
S T Q Q S S D
« set   nov »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  
%d blogueiros gostam disto: