Sala de Espera

Visita ao médico, aquele atraso de sempre… Você se senta e  vê sobre a mesa de centro suas opções de leitura:  uma edição da Veja que destaca a posse da Dilma ou a revista Exame que fala sobre o legado de Steve Jobs. Melhor é não ler nada. Você amaldiçoa o médico e tem certeza que o valor que você paga em uma consulta seria suficiente para comprar pelo menos quarenta revistas mais atualizadas. Vizinhos de espera conversam animadamente  e se vangloriam de contar histórias dramáticas sobre porque estão lá, desfilam o seu conhecimento sobre patologias (os mais avançados são aqueles que falam sobre síndromes e doenças autoimunes…), medicamentos que tomam e todos os profissionais da área pelos quais já passaram. Estabelecem uma velada competição para ver quem está pior e quem é o mais hipocondríaco. Você, apesar de seu celular não ter sinal e as suas mensagens não poderem ser respondidas, finge que está trabalhando e procura se concentrar. O tempo vai passando, você pergunta para a recepcionista se irá demorar para ser atendido. Ela simpaticamente diz que o doutor é bastante atencioso e por isto por vezes se alonga em suas consultas. No máximo em meia hora o senhor será atendido. Você sorri…claro, o sofá é tão confortável e afinal você não tem mais nada para fazer.  No  retorno sua pequena fração de sofá já está ocupada por mais um que se junta ao  pessoal da espera.

Você busca novos entretenimentos. Observa as gravuras e os móveis da sala de espera…se este homem foi capaz de fazer escolhas tão ruins em termos de decoração, será capaz de acertar o seu diagnóstico ? A dúvida te atormenta…O fato dele gostar de réplicas de estatuetas romanas deve desqualificá-lo como profissional ? Misturar máscaras balinesas com as homenagens a Júlio César significa que a receita dele também pode te levar a uma perigosa interação medicamentosa ? O chamado pelo seu nome te tira do transe. É hora de entrar e encontrar o admirador de imperadores romanos…Você entra lentamente, agora que a sua agenda do dia foi toda comprometida, não se importa em demorar bastante. É hora de fazer os outros esperarem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 66.146 hits

Páginas mais populares

Meu reino por um cavalo
Lições
Carne fraca, miolo mole
Branca de Neve - versão 2013
agosto 2012
S T Q Q S S D
« jul   set »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031