Primo distante

imagesO jogo também tem onze jogadores para cada lado, trio de arbitragem, bola, gramado e torcida, mas acho que as semelhanças param por aí…Os onze jogadores correm o tempo todo, jogam sempre em direção ao gol, não perdem muito tempo reclamando com o juiz e se atirando no chão. A bola rola em um gramado perfeito, sem “quero queros”, morrinhos artilheiros. A torcida está lá, cada um no seu assento, sem sinalizadores, sem arremessos de sandálias e garrafas. Não tem escudo humano feito por policiais para o jogador bater o escanteio e ele também não precisa empurrar o fotógrafo para ter espaço…Parece até que as imagens da TV conseguem deixar o jogo mais bonito…Tem close, replays de duzentos ângulos, estatísticas e nada de comentarista de arbitragem…

Tem coisas muito estranhas…O zagueiro Dante, do Bayern, faz um penalti primitivo, digno de Betão eterno, quase coloca tudo a perder mas é ainda assim é endeusado pela torcida ao final do jogo. Do outro lado, o melhor jogador do Borussia, anuncia que está de mudança para jogar no rival Bayern, alega dores musculares (versão germânica para chinelinho), não joga, mas fica no meio da torcida amarela, torcendo e comemorando. Tanto Dante como Mario Gotze saem vivos do estádio, sem notícias de que seus carros tenham sido destruídos e suas famílias ameaçadas…Jogo esquisito.images-1

Você realmente tem certeza que o jogo é outro, quando os vitoriosos formam um corredor e cumprimentam juízes e derrotados (dá para imaginar o Carlos Amarilla passando no meio de um corredor humano após a eliminação do Corinthians na Libertadores ?). Os derrotados não se escondem no vestiário, encaram a sua torcida e parabenizam os campeões. Assim foi a final da Champions League. Não dá para dizer que é mais ou menos legal que o nosso futebol, mas é preciso dizer que é um outro jogo, uma espécie de primo distante.

images-3

Cerveja sem popozudas ou Zeca Pagodinho (3)

A Heinekken volta a atacar com mais uma campanha viral inteligente e ligada a paixão masculina pelo futebol. Desta vez as câmeras são escondidas dentro de quartos de hotéis em que se hospedam torcedores que foram assistir partidas da Champions League, o campeonato de futebol interclubes mais importante do mundo. Ao entrarem nos seus quartos, os hóspedes são surpreendidos e encontram nada menos que a taça do campeonato, objeto de desejo de todos os clubes de futebol da Europa.

Eu consigo compreender as reações que os torcedores tem. Possivelmente faria a mesma coisa… Campanha simples, inteligente , de baixo custo de produção e alta repercussão. Não comecei a tomar mais cerveja Heinekken por causa das campanhas, mas admito que elas me tocam bem mais do que as tchutchucas e pagodeiros em churrascos na beira da piscina e do que a cara de tédio da J-Lo ,ganhando uma fortuna para assistir desfile na Sapucaí e vestir camisetinha de lantejoulas do patrocinador.

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 66.296 hits

Páginas mais populares

DNA para vira-latas
Carne fraca, miolo mole
Campeonato Espanhol é igual campeonato de par ou ímpar
O canto do Uirapuru
Mensagem ao Ursinho Puff
dezembro 2019
S T Q Q S S D
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
%d blogueiros gostam disto: