Pacato Cidadão

protestosOs protestos dos últimos dias em São Paulo geraram comentários intransigentes sobre o papel da polícia nos episódios (tem a turma dos pró, tem a turma dos contra), tratados ideológicos sobre o que representam R$ 0,20 ( tem a turma do “isto não é nem troco”, tem a turma do “imagine o impacto do aumento para quem vive com menos de um salário mínimo”). O que mais me chama a atenção no entanto, é a visão semi-unânime de crítica a quem está comandando as manifestações, que  não seriam aqueles que realmente precisam. São jovens brancos, barbudinhos e tatuados que documentam os seus protestos com IPhones e Androids e os compartilham em redes sociais. Eles estariam no lugar errado…Eles não teriam direito de protestar. Esta causa não lhes pertenceria.Tem uma vida boa, portanto deveriam se calar. No máximo poderiam se mobilizar para falar da falta de cobertura da rede 4G de seus celulares, da fila na Polícia Federal quando chegam de viagens internacionais ou do preço dos ingressos dos shows. Os mesmos que os acusam de arruaceiros e rebeldes sem causa, são os que os chamam de alienados e não politizados. Que resgatam histórias distantes de juventude nas ruas para pedir eleições diretas para presidente ou para reivindicar o impeachment de Fernando Collor….Na visão geral, brigar pelo preço da tarifa de ônibus deveria ser um direito apenas de quem efetivamente utiliza transporte público. Esquecem que ter acesso a  transporte público de qualidade é um direito de todos, independentemente da classe social de que se venha. Antes de ser “jovens classe média”, são todos cidadãos. Pacatos cidadãos. Se como cidadãos estão se mobilizando pelos seus direitos que deveriam ser assegurados pelo estado como transporte, educação, saúde, porque criticá-los ? Que bom que acordaram e perceberam que eles também tem direitos e podem exigí-los…Tenho dificuldade de entender o que há de errado nisto e não estou falando que algo justifique quebra quebra ou depredação…Estou falando da mobilização e da tomada da consciência da maioria e a maioria não é composta por vândalos e nem por depredadores. Não acredito que alguém queira se arriscar a tomar uns tiros de bala de borracha (por enquanto ainda são de borracha…) apenas para ter um roxo no corpo para poder postar e ter likes no Instagram e no Facebook…É subestimar demais o papel e a inteligência dos jovens.Estamos acordando.

Lenço branco

Estava dirigindo, trânsito engarrafado, motoboys barbarizando e de repente vejo surgir na janela do ônibus ao meu lado, a mãozinha do cobrador, me informando que eu seria gentilmente fechado pelo nobre coletivo. O gesto era suave, um leve balançar de mão direita, como se estivesse de posse de um lenço branco em uma cerimônia de despedida. Fiquei pensando se aquilo não era uma alucinação. Estamos em 2012 , todos os veículos  são dotados de pisca pisca, ninguém mais paga passagem de ônibus em dinheiro e ainda se o fizesse, poderia fazê-lo diretamente ao motorista. O fato é que os cobradores sobrevivem. Se reinventam…ajudam pouco na cobrança de passagens mas se transformaram em uma espécie de co-pilotos ou navegadores dos motoristas de ônibus . É uma tripulação a bordo ! Devo estar subestimando as outras virtudes dos distintos cobradores …de repente, se os passageiros não gostarem das habilidades do motorista ou se o condutor tiver algum contratempo, um mal súbito, convoca-se imediatamente o cobrador para asumir o volante . Ou pode ser que  esta seja a estratégia de Recursos Humanos das companhias de ônibus, treinamento on the job para sucessão de motoristas…um back up plan imediato, um banco de reservas  compostode cobradores. Sei lá, sei que se algum dia a minha profissão também ficar ameaçada de extinção, gostaria de ter a mesma capacidade de sobrevivência e reinvenção dos cobradores. Vou começar a treinar acenos pela janela desde já.

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 70.630 hits

Páginas mais populares

Sorvete Napolitano
Jogo do banquinho
DNA para vira-latas
Pele e alma
O dono da bola
abril 2021
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  
<span>%d</span> blogueiros gostam disto: