Matemática Flamenguista

Rio de Janeiro FlamengoRio de Janeiro, 450 anos ! Rio de Janeiro sem futebol, não seria Rio de Janeiro e nada mais justo que o time mais popular da cidade se manifestar para comemorar a data. Tudo muito bom, tudo muito bem mas o que era para ser uma leve gozação do Flamengo com a concorrência, acabou virando um belo gol contra. Os publicitários flamenguistas podem até ser bons de layout mas são catastróficos em equações matemáticas. Não teve jeito da conta deles fechar… Se a torcida do Flamengo é mais da metade, fica bem difícil a outra metade sonhar em ser rubro-negra. A solução da equação foi tirar o anúncio do ar. As agências de publicidade, além de revisores de texto deveriam começar a contratar também revisores de tabuada e frações.

Personagens do Linkedin

linkedinSe é que existe alguma rede social que tem algum valor para quem não está disposto a ajudar na busca de um lar para cãezinhos desamparados ou a encontrar fórmulas mágicas de emagrecimento, é o Linkedin. O Linkedin na sua essência, serve eminentemente para contatos profissionais. Seria ótimo se fosse apenas isto… Vejo no entanto, que muitas pessoas ainda tem uma certa dificuldade em diferenciar esta rede social de uma série de outras que elas utilizam no dia a dia.

Os exemplos são muitos…A começar pelas fotos que ilustram os perfis dos executivos…Entendo que vários profissionais sejam casados, mas por que motivo eles tem que colocar no seu perfil, justo a sua fotinho do dia do casamento ? Homens de olhos marejados, com cravos na lapela aparecem aos montes…As noivas, vestidas de branco, até que não tem vez…Madrinhas, em compensação, estão por toda a parte. O resultado é uma série de mocinhas representadas por imagens em que estão com maquiagem de gala, brincos cintilantes e babyliss nos cabelos. Será que alguém comparece ao local de trabalho com estes figurinos ?! Só se for “church office”

E as imagens tendo como fundo o Empire States, a torre Eifel e o Coliseu ? Se você não conhece a turma, poderia imaginar que sejam pessoas que trabalham no segmento de viagens, talvez como agentes de turismo….Não, nada disto. São fotos que mostram momentos de férias das pessoas, seja com bermudão, óculos escuros e cerveja, seja esquiando na neve ou conhecendo pontos turísticos pelo mundo. De preferência os filhos, a sogra e o cachorro também aparecem na mesma fotinho, para passar a mensagem de família unida. Em uma rede social dirigida ao mundo dos negócios, não sei se é uma boa idéia deste pessoal  reforçar que gosta mais de passear do que de trabalhar (no fundo todos nós gostamos mas não precisa deixar isto tão explícito…).
Também merecem destaques os nomes dos cargos  que as pessoas muitas vezes colocam para engrandecer e embelezar seus currículos. No Linkedin, office boy vira “gerente de fluxo de informações internas”, padeiro se transforma em “empreendedor do setor alimentício”…. Até hoje, o que mais admirei no entanto, foi o cidadão que colocou  que o seu cargo era “eterno aprendiz”…Tenho certeza que ele está conectado com o “pescador de ilusões” e com o “cavaleiro da esperança”…

Últimos desejos

ovelhinhaParece que lá se vai mesmo o brasileiro que um dia pensou que entraria na Indonésia com 13 Kg de cocaína…
Os seus carrascos lhe darão direito a algumas escolhas finais: ser fuzilado em pé ou deitado e decidir entre ter apenas  uma venda em seus olhos ou um capuz.
Fiquei impressionado com a gentileza e a cordialidade. Já a última roupa, mesmo que queira,não poderá escolher…vai embora de avental branco mesmo.
Procurei me colocar no lugar do cidadão. Todos nós sabemos que morreremos um dia mas morrer com hora marcada, tipo horário agendado para ir ao dentista, é terrível… Já que o destino está selado e que não tem mais pedido de clemência para ser analisado, eu teria vontade que tudo acabasse o mais rápido possível…Pediria antecipação de fuzilamento.
E ter que fazer estas opções ? O meu primeiro ímpeto foi pensar que me posicionaria como o valentão e optaria por ficar em pé,apenas com a vendinha,isto porque não me deram a chance de optar por encarar o pelotão olhos nos olhos. Se é para cair,que se caia de pé,de maneira digna.
Passarem-se alguns instantes e imaginei que a minha valentia não serviria para muita coisa e eu ainda poderia tombar morto em uma posição esquisita. Decidi que optaria por morrer deitado e de capuz…isto é o mais próximo que consegui imaginar de uma morte natural e suave, quase dormindo. Enfim, acho que este seria o meu ritual, no meio de tanta brutalidade, buscar o fim mais singelo e pacífico…faria de conta que tinha apenas colocado um pijaminha e começaria a contar carneirinhos. Se me dessem a chance de ainda fazer um último pedido, talvez fosse um leite morno com Nescau.

Doces férias de verão

castelo_areiaAh férias…Poder viajar com as crianças para descansar e aproveitar o verão. Que tal um resort ? Um parque aquático capaz de fazer inveja ao Wet’n Wild, comida infinita padrão cinco estrelas, bangalôs privativos de frente para o mar e de brinde, monitores com certificado ISO 9000, preparados para dominar os seus filhos em qualquer situação. O que mais se pode querer ?

Malas prontas. É hora de aproveitar. Chegamos com fome. Nada melhor do que nos deleitarmos com o primeiro banquete. Fusilli, brachiola, spaghetti e baldes de molho à bolognesa. Achei esquisito. Esta não é minha definição de banquete e nenhum imperador romano se empanturrava de pasta…Estava tudo com muito mais cara de Festa de San Genaro do que de refeição do grupo Fasano.

Eu penso comigo mesmo: deixe para lá… esqueça o seu preconceito com comida italiana, afinal você não saiu de férias para comer. O negócio é usufruir da praia maravilhosa.  Areia fina, mar azul…Mas onde sentar ? Vejo uma enorme variedade de itens sendo utilizada para reservar cadeiras…Livros, protetores solares, camisetas, toalhas, necessaires, sandálias e patinhos de borracha. Só faltou um escafandro. E cadeira livre que é bom, nada ? Parecia que tinha ocorrido uma invasão de dar inveja ao MST, com minifúndios arenosos, que apesar de tudo permaneciam improdutivos. Ah…é porque a família chegou tarde…Amanhã me vingarei de todos, serei uma espécie de Hezbollah do resort, disposto a qualquer coisa para conseguir o nosso lugar ao sol.

Coloco o despertador para às 6:00 AM. Um horário bastante nobre para se acordar em férias. Não importa…a minha missão é fincar minha bandeira naquele território hostil. Lá vou eu…Percebo que a moda deve ser tomar banho de lua, porque quando chego, encontro o mesmo quadro da tarde anterior. Cadeiras de frente para o mar absolutamente tomadas ao nascer do sol…Me resta a conquista de cadeiras longínquas, quase no manguezal e sob risco de ter o pé beliscado por caranguejos. Reflito e pondero. Ok, melhor do que nada… Espaço conquistado ! A esposa logicamente reclama mas o meu argumento que é melhor o manguezal do que a trilha sonora da piscina, turbinada pelos antigos sucessos do Compadre Washington, a convence. Flash back de Axé é para poucos e a visão de senhoras voluptuosas praticando hidroginástica é infinitamente pior do que ser perseguido por caranguejos furiosos.

Finalmente instalados ! Vamos aproveitar o dia ! Sol brilhando, calor e a criançada livre para fazer o que quiser. E o que eles querem fazer ? Nada em que você não esteja presente. Você explica que o entretenimento está a cargo dos monitores uniformizados e remunerados e que neste momento você não está disposto a ter esta função. A argumentação desta vez é fraca e derrotado, você começa a sua labuta de construção de um castelo de Versailles de areia, seguida da agradável prática de futevolêi a 40 graus. Você ainda se questiona porque só os seus filhos não se divertem com os tiozinhos do hotel. Caso perdido…a culpa é sua de qualquer maneira, afinal se eles não brincam é porque você falhou na educação. Preciso de férias destas férias…

Sansão

?????????????????????Hoje li que o nobre presidente do Senado da República, enviou um ofício ao comandante da Força Aérea Brasileira, questionando se deveria ou não ressarcir os cofres públicos por ter utilizado um avião oficial para ir a Recife fazer um procedimento de implante capilar. Embora o conteúdo da missiva não tenha sido divulgado pela imprensa, eu me pus a imaginar o que constaria em tão importante correspondência.

Excelentíssimo Sr.,

Na condição de autoridade aeronáutica máxima  de nosso país varonil, gostaria de obter o seu aval para o fato de eu, na condição de presidente do Senado Nacional, ter utilizado um avião da gloriosa Força Aérea Brasileira para viajar ao Recife, com o intuito de  me submeter a mais uma etapa de meu tratamento para crescimento de cabelo. Não compreendo o motivo pelo qual alguns setores da sociedade insistem em afirmar que esta viagem teve cunho particular e que eu deveria ter pago por isto (sem entrar no mérito de todo o óbvio desconforto que teria sido me submeter a um voo regular, sentado em uma poltrona que não reclina e alimentado com barrinha de cereal e um copo d’água) . Refuto veementemente este ponto de vista mesquinho e estou seguro que vossa excelência será solidária aos meus argumentos.

Como vossa excelência bem sabe, como presidente do Senado e notável figura pública, a minha imagem é fundamental. É impossível imaginar que as minhas madeixas interessem apenas a mim. São definitivamente uma questão de Estado e se me submeto a este penoso ritual de ter tufos enxertados em minha cabeça, é com o único objetivo de melhor servir à população de meu país e de contribuir com o fortalecimento das instituições desta auspiciosa nação . Como sumo especialista em aeronaves e aeroportos, vossa excelência compreenderá o dano que se causa a nossa pátria,o fato do presidente da mais importante casa do legislativo, ser frequentemente e jocosamente chamado de “aeroporto de mosquito”.  Seguro de sua compreensão, peço o seu endosso para que este voo seja formalmente classificado como uma despesa justificada, cujo propósito era absolutamente indissociável dos requisitos que a função de presidente do Senado exige.

Atenciosamente,

Sansão

Ricocheteando

Novo aplicativo no IPad ? Play Station 4 ? Não. O grande entretenimento das férias foi descobrir que com um pouco de técnica e uma dose de sorte, você é capaz de arremessar uma pedra e fazer com que ela quique na superfície da água antes de afundar. Foi um desafio que gerou excitação por uma semana em qualquer pedaço de rio, lago ou mar por onde passamos. Matéria prima não faltou: pedras e água por todos os lados.O prazer de ver a pedrinha ricochetear superava a diferença de idade entre nós. Simples e puro. Algumas pedras nos bastaram…

 

A quermesse

0008424b-642Mandela descansou. Finalmente foi sepultado. Depois de ficar trancafiado em uma cela solitária por 27 anos, talvez merecesse um bônus divino e direito a uma prorrogação maior de vida, com direito a chegar inteiro aos 200 anos, mas não teve jeito e sua hora chegou. O mais incrível foi ver a transformação dos fatos ao longo da semana. O day after à sua morte começou com elogios ao seu espírito conciliador, sua liderança, carisma , o seu papel decisivo em juntar os cacos de um país, reconhecimento como uma das maiores lideranças do século. Enfim, havia um clima de consternação global, com homenagens por todos os cantos.Uma rara unanimidade….

Os dias foram passando, parece que as notícias e os obituários perderam impacto e eis que um clima de quermesse se abateu sobre a África do Sul. Teve de tudo: um fun tour de todos os ex-presidentes brasileiros vivos, chaveco do Obama com  direito a selfie com a primeira ministra da Dinamarca e David Cameron segurando vela, biquinho ciumento da Michelle, Naomi Campbell em uma performance teatral, com cara de viúva inconsolável, Bono Vox pronto para subir no palco e pregar  e a cereja do bolo, que foi um picareta fazendo uma tradução inventada e cheia de licenças poéticas para a linguagem de sinais. Todos viajaram para um funeral e se comportaram como se fosse carnaval.

Mandela sábio e mito, deve ter visto tudo de cima e dado boas risadas. Sempre esteve bem acima de tudo isto. Não deve ter ligado…mas que seu funeral virou uma quermesse, isto virou.

A próxima onda

obama-turkey-pardon-del-blogAinda estou sob o impacto da Black Friday tupiniquim. Não por ter aproveitado os generosos descontos concedidos sobre preços gulosamente aumentados na véspera, a  “Increase Thursday”, mas por ver como o comércio brasileiro foi capaz de incorporar em gênero, número e grau mais uma tradição americana. Esqueça “liquidação do lápis vermelho”, “bota fora”, “saldão”…Nós agora também temos Black Friday ! Rumo ao primeiro mundo ! Brasil-il-il-il !

O “Black Friday” verde amarelo, foi consistente… Seguiu perfeitamente os passos do Halloween, praga que se alastrou a partir das inocentes escolinhas e inglês de bairro. Começou silencioso, clandestino e em menos de 3 anos, você tem impressão que sempre esteve por aqui. É verdade que ainda podemos evoluir…Faltou o camping de véspera, nas portas do Shopping Cidade Jardim e do Iguatemi JK, para a invasão  das lojas já às 7 horas  da sexta feira sagrada.Ano que vem isto possivelmente ocorrerá…aí sim estaremos com padrão USA.

Alguém tem alguma dúvida do que mais nos aguarda em breve ? Thanksgiving…Estou impressionado pela demora em ver um boom na venda de perus na última semana de novembro…Daqui a alguns poucos anos, será inevitável ver as famílias se reunindo para comemorar a data. Ainda nesta encarnação, tenho certeza que verei o presidente da república, do alto da rampa do palácio do Planalto, concedendo o perdão e salvando a vida de um peru, como Obama acabou de fazer esta semana.

Vai Brasil..um pouquinho mais de personalidade e autoestima caem bem de vez em quando….Sejamos um pouco mais originais…

Gente como a gente

IMG_2295Diz a lenda que uma cidade desenvolvida não é aquela onde cada um tem o seu próprio carro, mas sim onde todos utilizam os transportes coletivos (que funcionam!) e as pessoas sequer sabem o que é IPVA.

Uma coisa boa de viajar é que nos podemos brincar de ser cidadãos civilizados por alguns dias. Usamos transportes coletivos : pegamos metrô, encaramos vagões lotados, tomamos pisões no pé, sentimos aromas bem diferentes de um Channel número 5 e nos sentimos integrados a uma cultura cidadã.

Bonito ? Super. Mas enquanto eu via um rato robusto, realmente bem nutrido, se deslocando tranquilamente pelos trilhos do metro nova-iorquino, eu tive uma recaída e pensei: será que um morador rico e famoso do Upper West Side  também se submete a este nobre ritual diário de  encontro com a comunidade ?

Pois bem…Lá estava eu, humildemente sentado no banco duro do meu vagão de metrô, quando vejo se juntar a mim na minha intrépida jornada, Sarah Jessica Parker. Sim, Sarah Jessica Parker, atriz e protagonista de Sex and the City, salário anual que daria para comprar todo o trem para dar para o filhinho brincar de maquinista. Será que era ela mesma ? Poderia ser uma clone indo participar de algum programa de imitações no Raul Gil…Quando eu vi a sua malinha no chão, com direito a monograma e tudo, minhas dúvidas acabaram…

Obrigado, Sarah, você me deu uma lição prática de cidadania. Foi um prazer tê-la como companheira de viagem por cinco minutos (#tamojunto,#toisnovagao).IMG_2298

Vida de cachorro

Em meu vasto conhecimento sobre o universo canino, sempre acreditei que a situação de maior risco a que um beagle poderia ser exposto era quando o Snoopy resolvia dormir no telhado de sua casinha. Indo além,  Snoopy em um dia de fúria, poderia até  brigar com seu amigo Charlie Brown e vir a ser atacado pelo Woodstock. Nada muito além disto.

Nunca soube que os coitadinhos dos beagles eram os convidados  favoritos  para os  testes de laboratório…Aprendi que eles são os eleitos por serem cães que pertencem a uma raça antiga, sem grandes variações genéticas, em que todos os indivíduos são bastante homogêneos, o que assegura uma consistência nos resultados dos testes. Pensando em uma teoria da conspiração, fiquei imaginando se isto não teria sido uma grande idéia do Mickey Mouse. …. No fundo, o  Mickey sempre soube que as chances de uma mobilização via web, com direito a quebra quebra e invasão de laboratório, para defender seus familiares não era algo com muita probabilidade de ocorrer. Ele conversou com o Snoopy e pediu que ele e seus amigos criassem barulho sobre o tema. Conseguiu…O Mickey só fez mais alguns pedidos que o Snoopy esqueceu de passar para a frente:  avisar o pessoal que os ratinhos  (e seus priminhos nascidos na Índia),  também são seres vivos e  frequentam as bancadas há muito tempo e que a ciência precisa continuar evoluindo, inclusive para poder modificar a forma como os testes são feitos…

Posts anteriores

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Rumo a um bilhão de hits

  • 44,729 hits

Páginas mais populares

março 2015
S T Q Q S S D
« fev    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  
%d blogueiros gostam disto: